D2C para Indústria e Marketplace in

Use sua rede de revendas como força de vendas geolocalizada.

O mundo contemporâneo está cada vez mais conectado e a transformação digital da indústria é uma realidade. Todos os setores também sofreram os impactos dessa mudança, fábricas, franquias, distribuidoras, importadoras… todas tiveram que se adaptar aos novos tempos e entender a dinâmica do mundo online e da chamada Indústria 4.0 – a nova etapa da revolução industrial, que vem reestruturando a forma como enxergamos a produção.

O que antes parecia afastado, se tornou próximo. O que antes era simples, se tornou complexo e isso aconteceu também com os consumidores de diversos segmentos do mercado, que se tornaram mais exigentes na hora da compra.

Munidos de mais informações e procurando um atendimento especializado, atualmente os consumidores possuem um perfil dinâmico e atentos à jornada de venda. Os valores da marca e suas interações com os clientes passaram a ser parâmetros para qualificar uma boa empresa. Assim, o foco no relacionamento tornou-se fundamental na estratégia de prospecção de clientes.

Uma das inovações que surgiram para auxiliar a indústria nesse quesito é o D2C.  D2C é a sigla em inglês para “direct to consumer”, que significa “direto para o consumidor”. É uma nova modalidade de negócios que impactou diretamente a indústria e se desenvolveu a partir das tecnologias móveis e e-commerces.

Com a tecnologia, a indústria é capaz de vender seu produto ou serviço diretamente ao consumidor, prescindindo de intermediários. Além de simplificar o processo, o sistema permite o acompanhamento mais próximo dos consumidores – facilitando a formação do perfil do seu público.

A Smplaces é uma empresa inovadora no mercado, com sua plataforma própria de marketplace. Oferece um seller robusto para a gestão do seu negócio com a plataforma Digital Commerce Multi-Store. Aqui na Smplaces você tem D2C de verdade! Também oferecemos a geolocalização por CEP, em que o consumidor tem acesso ao seu representante mais próximo.

Nesse texto vamos te explicar melhor sobre essas tecnologias e qual seu impacto na indústria 4.0. Confira!

D2C e Indústria 4.0

Primeiramente, vamos entender o que é cada um desses conceitos, mostrando seus benefícios e as mudanças proporcionadas por eles. A Indústria 4.0 e a tecnologia D2C são uma realidade de um mundo cada vez mais tecnológico, e vieram para ficar. Por isso, é importante compreender bem sua dinâmica para posicionar melhor sua indústria ou franqueadora no mercado.

O que é D2C?

Os dados são verdadeiras minas de ouro da internet. Para quem sabe usá-los, podem se tornar grandes ativos para sua empresa. Permitem aos empresários entrar com vantagem na disputa pelo mercado, além de darem a possibilidade de estabelecer uma relação mais próxima com o cliente.

Em termos simples, D2C é um modelo de negócios em que indústrias e franqueadoras vendem de forma direta ao consumidor, sem precisar de algum intermediário na transação. É apontado como o novo caminho para a inovação industrial, e promete revolucionar o modo como esse setor da economia se organiza. Com a D2C, sua empresa torna mais eficiente e qualificado o processo de vendas, e com o suporte de inteligência artificial consegue personalizar o relacionamento com o cliente.

Antes, a indústria precisava passar por uma cadeia de vendas, que incluía distribuidores e varejistas, para se relacionar com os consumidores. Atualmente, mesmo com o grande alcance da web, ainda há uma dificuldade muito grande por parte da indústria em identificar o perfil exato de seus consumidores. A D2C, portanto, resolve esse problema ao permitir que o cliente seja acessado diretamente – complementando as vendas nas lojas físicas.

Além de compreender o comportamento e fazer um prospecto mais preciso dos clientes, os dados coletados também permitem estratégias mais seguras e eficientes nas operações comerciais. Existem inúmeros benefícios ao se adotar o D2C. Aqui elencamos alguns deles:

  • Processo de venda mais eficiente – Com a D2C, a cadeia de vendas é encurtada, com o consumidor indo direto ao fornecedor sem ajuda de intermediários.  Isso torna o processo de vendas mais eficiente e objetivo.
  • Redução de custos: Além de facilitar a venda e diminuir os custos com os agentes intermediários, o D2C é 100% online – o que também permite reduzir gastos com estrutura e manutenção.
  • Potencialização dos canais de venda: Com o D2C, é possível formar uma rede entre todos os canais de venda (lojas, revendas, franquias etc) e organizar uma estratégia de lançamento de produtos em conjunto. O ideal é que os produtos não compitam entre si, e normalmente as indústrias funcionam com coleções ou vendas no molde outlet.

Além dos dados servirem para qualificar cada vez mais a jornada de venda online, também é possível aprimorar geograficamente a distribuição de seus produtos. Por isso, agora vamos explicar para você sobre  a chamada geolocalização de vendas, estratégia muito incentivada pela Smplaces!

Geolocalização de vendas

Já falamos aqui da importância dos dados para o aprimoramento da relação com o cliente. Agora vamos falar de uma ferramenta que surge a partir dessa possibilidade: a geolocalização de vendas.  Hoje em dia, diversos aparelhos – principalmente smartphones – já podem emitir um sinal com sua localização exata.

Como a maior parte das pessoas fica 24h por dia perto do celular, a precisão das informações dos usuários é muito grande. Da mesma forma, os fornecedores podem acessar de maneira mais exata o consumidor final. Assim, há um grande impacto na relação de vendas.

Além dos mapeamentos sobre o comportamento do consumidor, a geolocalização permite uma maior eficiência na distribuição. Já que é possível saber sua localização, o processo do produto chegar até o cliente se torna mais fácil. Isto é, a geolocalização pode unir fornecedores que estão mais perto dos interessados – reduzindo custos de frete e o tempo de espera, tornando o trabalho mais objetivo.

Se o usuário estiver à procura de um produto específico, a geolocalização também orientá-lo em direção à loja física mais próxima. No caso da indústria, a ferramenta também auxilia no mapeamento de produtos e no direcionamento das mercadorias em áreas onde a demanda seja maior. A geolocalização também ajuda a aprimorar os anúncios na web, pois consegue segmentar melhor os consumidores.

A D2C e a geolocalização são excelentes ferramentas que fazem parte de uma revolução na indústria no mundo inteiro. A chamada indústria 4.0 é um novo marco na história, e aqui vamos explicar o que ela significa e quais são as mudanças que já estão em curso! Veja abaixo!

Indústria 4.0           

Cada vez mais estabelecida, a chamada 4ª revolução industrial mudou o panorama dos setores produtivos ao redor do mundo. Além da integração das cadeias de produção em nível mundial, todo o processo se torna mais eficiente – principalmente em produtos de larga escala.  Conceitos como internet das coisas, inteligência artificial, robótica etc. são cada vez mais comuns na sociedade contemporânea.

Os principais pontos da transformação são a capacidade de processar e trocar dados e a conexão 24/7 (24 horas por dia, 7 dias por semana) proporcionado pela web e pela nova rede 5G – que reduz a quase zero o tempo de latência no envio dos dados.  Além disso, a inteligência artificial permite uma maior interação entre máquinas e humanos e entre as próprias máquinas. Assim, é possível dar ordens mais precisas e com poucos erros – o que permite uma maior automação das máquinas industriais.

A combinação de todas essas tecnologias permite que as máquinas criem um circuito entre si, se aprimorando e se comunicando sem ajuda externa. Abaixo explicamos melhor algumas dessas tecnologias da indústria 4.0:

  • Robótica: o desenvolvimento de robôs e de dispositivos que agem parcialmente de forma autônoma são primordiais no desenvolvimento da indústria e na otimização do processo de produção. Permitem automatizar a produção com pouca necessidade de trabalho humano.
  • Internet of Things (IoT):  A IoT, traduzida como internet das coisas, é outra tecnologia fundamental na indústria 4.0. Ela permite que objetos com menor capacidade de processamento tenham acesso à rede, podendo ser controlados e acessados remotamente.
  • Cyber segurança: a indústria 4.0 também permite um grande desenvolvimento da segurança online, que por meio de hardwares e softwares conseguem proteger os dados e as informações dos servidores.
  • Inteligência artificial: tecnologia baseada em lógica avançada, que cria máquinas e dispositivos que conseguem interpretar eventos, analisar tendências e comportamentos – além de realizar ações de maneira autônoma.
  • Cloud computing – É a estrutura que permite a comunicação online em todo o planeta, com servidores gigantes servindo como bancos de dados. Os datacenters armazenam as informações distantes de onde foram geradas, o que permite que dispositivos conectados possam processar mais dados do que são capazes offline. Assim, as máquinas aumentam a sua capacidade de tráfego de dados, de memória e de processamento.

Os hardwares para sustentar essa estrutura estão cada vez mais sofisticados e exigem cada vez mais a interação entre áreas diferentes – como entre a informática e a produção. Isso apresenta grandes desafios para as gestões empresariais e industriais. Apesar disso, o lucro e a produtividade das indústrias que adotam essas medidas aumentam cada vez mais.

Uma das ferramentas de tornar mais eficiente a distribuição dos produtos nesse cenário da indústria 4.0 é o marketplace in. Uma das melhores ferramentas da transformação digital, agora vamos explicar melhor o que isso significa. Veja abaixo!

Marketplace In é aqui na Smplaces!

A transformação digital já é uma realidade na nossa sociedade. Além de outras coisas, o mundo online permitiu aproximar fornecedores e consumidores. O comércio virtual aumenta a cada ano em todos os setores. Por isso, cada vez mais o processo de vendas será mediado por marketplaces e lojas virtuais.

A indústria também acompanha esses processos de transformação, e investir em um marketplace de qualidade é de extrema importância. Aqui na Smplaces você encontra um seller denso e bem estrutura, perfeito para a gestão da sua empresa com a plataforma Digital Commerce Multi-Store. Por meio dele, você pode expandir os serviços para o seu consumidor, além de ter uma comunicação mais eficiente e direta.

Assim, os custos da transação se reduzem com a jornada de compra sendo mais objetiva. Isso gera um grande aumento na receita e a possibilidade de ampliar o leque de clientes. Porém, é importante compreender o que é Marketplace In, e é isso que vamos fazer agora!

O que é Marketplace In?

O marketplace é um desenvolvimento da venda online, que se estrutura de uma maneira mais coletiva e abrangente. Em uma plataforma marketplace, diversos fornecedores podem vender seus serviços ou produtos – aumentando a oferta para os consumidores. Ou seja: é um modelo em que os vendedores se organizam em uma rede para oferecer seus produtos no mesmo site.

Marketplace e e-commerce, contudo, não são coisas iguais. Enquanto o marketplace une vendedores diferentes em um site, em um e-commerce você só consegue comprar produtos de um determinado produtor.

O marketplace in faz uma análise da base de clientes de uma loja online, visando a expansão das vendas e a maior oferta de produtos. Assim, ele pode atrair sellers diversos para sua plataforma e, assim, aumentar o seu rendimento e tornar mais eficiente a transação – já que não é necessário grandes custos de armazenamento e a jornada de venda se torna mais objetiva.

Os benefícios do desenvolvimento de um marketplace in são inúmeros. O entendimento do perfil dos consumidores é fundamental, principalmente daquele que já é cliente do seu ecommerce. Com o marketplace in, é possível criar uma maior fidelização do cliente e um atendimento mais personalizado. Tudo isso com uma grande possibilidade de ofertas de produtos centralizadas em uma só plataforma.

Em outras palavras, você aumenta a diversidade de produtos, diminui a necessidade de armazenamento, atrai novos consumidores e fideliza os antigos – o que impacta diretamente no rendimento e escalabilidade da sua empresa. O marketplace in se entrelaça com o conceito de D2C, e agora vamos entender o motivo!

D2C e Marketplace In

Aliando os dois conceitos, o Marketplace D2C é uma grande transformação na cadeia de vendas de fábricas e indústrias. Além de não precisar de intermediários, você multiplica o alcance dos seus produtos e agrega valor à sua marca. Atualmente, o D2C é parte crucial para que sua indústria se posicione corretamente na transformação digital em curso.

O sistema D2C é perfeito para testar novos produtos e estreitar os laços com os consumidores – sem competir com as outras formas de venda, como revendas, distribuidoras e franqueadoras. O ideal é aliar esse modelo com os outros agentes da cadeia de venda, para que façam parte de uma estratégia maior na conquista de clientes.

Com esse modelo, tanto a indústria quanto os intermediários saem fortalecidos – já que a rede de consumidores se fortalece e os produtos e serviços oferecidos não são os mesmos. Ao mesmo tempo, sua marca ganha alcance e espaço em relação à concorrência, aumentando sua presença digital. A logística também se torna mais eficiente e fica consideravelmente mais objetiva.

Em suma, um marketplace D2C proporciona um processo mais sofisticado e eficiente da cadeia de vendas. A jornada de compra se torna mais objetiva, e tanto os produtos quanto às informações que os consumidores querem se concentram em um só lugar. Abaixo colocamos alguns pontos positivos na adoção de um marketplace D2C:

  • Acesso aos dados dos consumidores:
  • Fidelização dos clientes
  • Ampliação do market share
  • Ampliação do controle sobre a cadeia de distribuição

Os dados são a parte principal do processo, o coração da estratégia que alinha produção à venda.  A jornada de compra ocorra da melhor maneira possível, é importante ter em mente algumas ferramentas que tornem o processo mais eficiente. Por isso, agora que você já entendeu melhor o significado de todos esses conceitos, vamos explicar algumas estratégias e tendências para o D2C.

Estratégias e tendências para D2C

O mercado é um mundo muito competitivo e dinâmico, com diversas novas ferramentas e funcionalidades surgindo a cada dia. É bom se manter sempre atualizado e acompanhar a evolução do mundo tecnológico. No caso do D2C não é diferente, e aqui vamos explicar algumas estratégias para você adotar na sua empresa, além de mostrar tendências desse sistema revolucionário.

Estratégias

Abaixo fizemos uma lista de algumas estratégias que você pode utilizar para incrementar sua venda no modelo D2C.

  • Sugerir produtos: para aproveitar a variedade do catálogo, você pode sugerir ao consumidor produtos menos visados. Com as informações obtidas, você pode adequar a oferta ao cliente que mais se aproxima do perfil desejado.
  • Gerar conteúdo: essa é uma excelente forma para atrair novos consumidores que estão interessados no universo do seu produto.
  • Experiência do usuário: melhore a experiência de compra e a jornada de venda por meio do aprimoramento da experiência do usuário.
  • Assinaturas: ofereça assinaturas e pacotes promocionais para os clientes mais recorrentes, isso agrega valor à marca e fideliza a clientela.
  • Locação de produtos: além de vender seus produtos, você também pode alugá-los para aumentar seu lucro.
  • Venda de serviços: a oferta de serviços também pode ser uma excelente pedida para agregar no lucro e melhorar o relacionamento com o cliente.
  • Franquias/revendedores: amplie sua rede e aja em conjunto com seus revendedores e franquias. É muito importante existir uma estratégia em conjunto para ampliar o leque de clientes e aumentar as vendas.

Na Smplaces você encontra sua rede ideal de marketplace. Com estrutura própria, ela amplifica suas vendas e torna mais robusta sua presença online – além de tornar mais eficiente sua relação com os consumidores. Abaixo, explicamos melhor algumas tendências do mercado D2C.

Tendências

O dinamismo do mercado faz com que a produção precise sempre se adaptar. Com o marketplace D2C, isso não é diferente. Por isso, explicamos aqui algumas tendências para entender os movimentos dessa transformação digital.

Marketplaces de nicho – Graças à quantidade e qualidade das informações obtidas, é possível personalizar o máximo possível a jornada de venda. Por isso, uma grande tendência para o futuro é o marketplace de nicho. Pode ser uma grande oportunidade para fidelizar os consumidores com sua marca.

  • Parcerias – É determinante que sua empresa seja capaz de formar e fortalecer boas parcerias. Não é preciso tanta quantidade, mas sim que você estabeleça as parcerias corretas. Fornecedores, franqueadoras, revendedores etc., todos fazem parte da cadeia de vendas e é importante ter uma relação de confiança e eficiente.
  • Métodos de pagamento – Talvez a parte mais crítica da jornada de vendas, é crucial ter um sistema livre de problemas e simplificado. Você também precisa oferecer uma grande variedade de tipos de pagamento, adaptando-se aos últimos avanços tecnológicos.
  • Lojas-alvo – Identificar as lojas que têm um desempenho melhor é fundamental para otimizar suas vendas. Assim, é possível criar uma estratégia para ampliar os consumidores e tornar a venda mais objetiva.
  • Experiência do usuário – Uma das maiores tendências em todos os setores do mercado digital, a experiência do usuário é determinante para uma jornada de venda bem-sucedida. É importante que toda a navegação do cliente seja fluida, prática e intuitiva. Com isso, a taxa de conversão aumenta consideravelmente, assim como seus lucros.
  • Humanização das vendas – Cada vez mais as discussões em torno das habilidades emocionais dos empregados são uma tendência. Não apenas na indústria, mas em todos os setores do mercado mundial. Por isso, é muito importante investir em cursos e oficinas para que seus funcionários tenham uma atitude proativa.
  • Estratégia data-informed – Os dados são os principais ativos da internet, e por isso antes de qualquer decisão importante é crucial analisar com calma os dados. Assim, é possível seguir a estratégia que melhor se adequa aos fatos.

O D2C é uma inovação da transformação digital que veio para ficar na indústria 4.0. Além de tornar mais eficiente o processo de compra, fortalece os laços entre os agentes da cadeia de compras e fideliza o cliente. A geolocalização também permite um processo de identificação da localização do consumidor, o conectando com o fornecedor mais próximo.

 A Smplaces oferece uma plataforma única de marketplace para você otimizar e ampliar as vendas da sua indústria! Aqui você encontra diversas ferramentas e funcionalidades para tornar o seu negócio mais atraente e eficiente. Saiba mais no nosso site e se inscreva para estar por dentro do que há de melhor em Marketplace D2C para indústrias!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.